Ser mãe é algo que muitas mulheres adiam por diversos motivos, como o investimento na carreira ou a busca por um parceiro, mas até onde a idade é importante na Fertilidade?

É comum que, conforme a idade avança, o nível de dificuldade para engravidar também aumente. De acordo com a Society for Assisted Reproductive Technology nos Estados Unidos (EUA), por volta dos 30 anos, 90% dos óvulos já foram eliminados pelo organismo e, após os 40 anos, esse percentual chega a 97%.

À medida que a mulher vai envelhecendo, seus óvulos também envelhecem, o que faz com que exista uma diminuição da quantidade e da qualidade de embriões.

É importante também que a mulher esteja atenta às complicações que podem surgir quando a gravidez acontece em idade mais avançada, ou seja, após os 35 anos.

Como por exemplo, o risco de aborto espontâneo pelo aumento de alterações cromossômicas (Síndrome de Down, Edward, Tunner etc.), além de hipertensão arterial, diabetes, maior número de partos cesariana, parto prematuro, implantação anormal da placenta e ruptura prematura da bolsa amniótica.

Por isso, é comum que casais busquem óvulos de mulheres mais jovens, por meio da Ovodoação ou Doação de Óvulos, aumentando a probabilidade de sucesso da Fertilização in Vitro.

De qualquer forma, além de estar atenta a importância do fator idade, investir em cuidados com a mente e corpo é o melhor caminho para ter uma gravidez saudável.

Se você tem mais de 35 anos e está tentando engravidar há mais de 6 meses, é recomendado que você consulte um especialista em reprodução humana para uma avaliação.

Quer tirar dúvidas sobre fertilidade, gestação tardia e ovodoação?
Fale com a Fertivitro!
WhatsApp (11) 99546-6272.

Dr. Luiz Eduardo Albuquerque
CRM 61351
Reprodução Humana Assistida

#fertilidade #fertilidadefeminina #gravideztardia #maeaos40 #engravidar #sonhodesermae #tentantes2020 #tentantesdobrasil #ovodoacao #fertilizacaoinvitro #drluizeduardoalbuqueque #fertivitro