Todas as mulheres devem passar por uma consulta anualmente com um médico ginecologista. Sabe por que? Porque exames regulares e anuais é a única maneira de diagnosticar doenças em fase inicial e trata-las, prevenindo a infertilidade.

Um bom exemplo é o crescente número de câncer de colo uterino registrado anualmente entre mulheres do mundo inteiro e que está ligado ao vírus do papiloma humano (HPV) e, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, quase todos as pessoas que são sexualmente ativas obterão o vírus em algum momento, o que significa que você provavelmente corre o risco de ter a doença um dia.

A boa notícia é que, como o câncer de colo do útero é de crescimento lento, é possível detectá-lo antes de se tornar um câncer, ou seja, se você visitar regularmente seu médico e realizar o exame Papanicolau é possível detectar anormalidades antes que haja algum sintoma.

“As vantagens de detectar qualquer doença em fase inicial é a facilidade de tratamento e cura, enquanto nos casos em que são identificadas doenças mais tardiamente, os procedimentos podem ser mais invasivos, podem comprometer a fertilidade e não obterem um tratamento eficaz”, enfatiza o especialista em reprodução humana, Dr. Luiz Eduardo Albuquerque, diretor clínico da Fertivitro.

Outra sugestão para a prevenção do câncer de colo de útero é vacinando-se contra o HPV, disponível no sistema único de saúde para mulheres e homens entre 9 e 26 anos, além da utilização de preservativos.