Introdução

Definição de Infertilidade Conjugal
É a incapacidade do casal em obter uma gestação, após um ano de tentativa, ao manter relações sexuais frequentes sem o uso de métodos contraceptivos.

Um casal com vida sexual ativa, que não faz uso de anticoncepcionais, tem uma chance em cinco de conceber a cada mês (20%). Isto significa que oito entre dez casais, na tentativa de ter um bebê, irão engravidar dentro de um período de um ano. No entanto, os 20% restantes apresentam algum tipo de dificuldade para gerar filhos por meios naturais e, pelo menos, metade desse contingente precisará recorrer a tratamentos de reprodução assistida.

A infertilidade conjugal atinge de 15% a 20% dos casais em idade reprodutiva.

Causas da Infertilidade
Os fatores que causam a infertilidade a um casal podem ser tanto de origem feminina como de origem masculina. Sabemos atualmente que cerca de 30% das causas são femininas, 30% são masculinas e 25% são conjuntas, portanto, tanto do homem como da mulher.

Entretanto, em 15% dos casais não se sabe a real causa da infertilidade, mesmo após a análise de resultados de todos os exames solicitados. Não é possível chegar a uma conclusão definitiva quanto ao diagnóstico de infertilidade. E sses casos são classificados como Infertilidade ou Esterilidade Sem Causa Aparente (ISCA ou ESCA).

Na mulher, as causas da infertilidade podem estar relacionadas aos seguintes fatores:

Fator cervical (colo do útero), fator uterino, fator tuboperitoneal e fator ovariano, fator imunológico e idade da mulher.