O diabetes, uma doença metabólica que gera um aumento anormal do açúcar no sangue, pode prejudicar a qualidade dos espermatozoides. Essa glicose presente no organismo é fonte de energia, mas quando está em excesso, geralmente, traz problemas à saúde.

Dentre as principais complicações do diabetes no organismo, estão o aumento do sono, cansaço e dificuldades físicas. E quando não tratada adequadamente, é possível haver amputação de membros, ataque cardíaco, derrame cerebral, insuficiência renal, dificuldades na visão e a não cicatrização em lesões na pele. No homem, pode ocorrer diminuição da libido e até impotência sexual.

No que se refere à fertilidade masculina, quando o sangue tem excesso de açúcar, o esperma produzido nos testículos estão mais propensos a ter defeitos que impedem a fertilização, por resultar em lesões diretamente no DNA do esperma, causando taxas elevadas de anomalias aos espermatozoides. Isso quer dizer que um homem com diabetes pode apresentar espermatozoides mais lentos, com malformações e sêmen num volume menor. “No homem, pode causar problemas por lesão dos nervos e levar à ejaculação retrógrada e lesões em vasos, dificultando a vascularização e causando, por exemplo, a disfunção erétil”, explica Dr. Luiz Eduardo Albuquerque, médico diretor da Fertivitro — Centro de Reprodução Humana.

Tratamento
O primeiro passo em relação ao tratamento é o paciente buscar um especialista a fim de curar ou amenizar o diabetes. Se, mesmo assim, a doença afetar a fertilidade, é preciso optar pela medicina reprodutiva. Existem três procedimentos para o tratamento de infertilidade: coito programado, cuja relação sexual é programada para o período fértil; Inseminação Intrauterina (IIU), que consiste em selecionar os melhores espermatozoides e colocá-los dentro do útero, para facilitar o encontro do óvulo com os espermatozoides; e a fertilização in vitro, em que a fecundação dos gametas (óvulos e espermatozoides) é feita em laboratório.

Mais informações relacionadas à reprodução assistida estão nos canais da Fertivitro:

Site: www.fertivitro.com.br

facebook: www.facebook.com/fertivitro