O Conselho Federal de Medicina (CFM) passa a assumir um novo posicionamento quanto às normas éticas para a utilização das técnicas de reprodução assistida, referente à transferência de embriões. De acordo com a Resolução Nº 1.957, do (CFM), de 15 de dezembro de 2010, divulgada no Diário Oficial da União, seção 1/nº 4, na página 79, do dia 06 de janeiro de 2011.

O número de embriões a serem transferidos vai depender da idade da paciente. Mulheres com até 35 anos podem transferir, no máximo, dois embriões; entre 36 e 39 anos, até três embriões; e com 40 anos ou mais, até quatro embriões. Dessa forma, a taxa de gestação não é alterada, mas diminui a chance de gestação múltipla.

Outras informações relacionadas à reprodução assistida estão no site da Fertivitro: www.fertivitro.com.br