A varicocele é a dilatação anormal das veias dos testículos, responsáveis pela drenagem do sangue venoso dos testículos. Com pouca oxigenação, a função sanguínea fica comprometida, provocando disfunção testicular e piora da qualidade do sêmen e consequentemente, causando a infertilidade.  A varicocele está presente em até 15% dos homens e é a principal causa de infertilidade masculina, chegando a afetar até 40% dos homens inférteis.

Geralmente é um problema assintomático e a grande maioria dos homens só descobrem a doença ao realizarem exames, principalmente relacionados à infertilidade.

Contudo, em alguns casos, a varicocele pode causar desconforto, dor ou sensação de peso nos testículos, bem como o aumento do volume do saco escrotal. Os sintomas são potencializados com o esforço físico e geralmente amenizam quando o homem se deita.

Os homens com infertilidade secundária (homens que já tiveram filhos) apresentam varicocele em até 80% dos casos. O testículo esquerdo é geralmente o mais afetado, porém a bilateralidade é muito comum.

O desenvolvimento da doença tem início na adolescência e está relacionada a diversos fatores, especialmente como incompetência das válvulas nas veias espermáticas internas e histórico familiar.

A partir de exames físicos e de imagem é possível diagnosticar o grau da lesão, que pode ser corrigida por meio de uma cirurgia minimamente invasiva.