Existe sim diferença entre espermatozoide e sêmen, apesar de muitas pessoas acreditarem que são a mesma coisa.

Os espermatozoides são as células ou gametas masculinos produzidos nos testículos, estão presentes no sêmen humano, e são responsáveis por penetrar no óvulo para que ocorra a fecundação e inicie o processo de formação do embrião.

Entretanto, para alcançar o óvulo, os espermatozoides são transportados pelo sêmen ou esperma. Uma substância branca e viscosa formada por 4 componentes: líquido seminal, secreção prostática, espermatozoides e líquido bulbouretral.

Após a sua produção nos testículos, os espermatozoides migram para os epidídimos onde passam pelo processo de amadurecimento. Por meio dos canais deferentes, eles chegam as vesículas seminais onde se unem à secreção prostática, formando o sêmen para ejaculação.

Além do transporte, o sêmen contém substâncias importantes para proteção e nutrição dos espermatozoides.

E é por meio da análise do sêmen – exame de espermograma – que avalia-se a fertilidade do homem.

Problemas de saúde, hábitos de vida não saudáveis e uso de drogas ilícitas podem causar alterações na qualidade (morfologia e motilidade) e na quantidade de espermatozoides, fatores fundamentais para a fertilidade masculina.

Hoje, os fatores masculinos são responsáveis por cerca de 30% dos casos de infertilidade conjugal, que podem ser tratados com técnicas de reprodução humana assistida, possibilitando a gestação desejada.

Para mais informações, fale com a Fertivitro!
WhatsApp (11) 99546-6272.

Dr. Luiz Eduardo Albuquerque
CRM 61351
Reprodução Humana Assistida

#espermatozoide #espermatozoides #esperma #fertilidademasculina #saúdedohomem #fecundação #casaltentante #maridodetentante #reproducaohumana #reproduçãoassistida #drluizeduardoalbuqueque #fertivitro