O exame de espermograma ou análise seminal é o principal indicador da fertilidade masculina.

Os fatores masculinos estão presentes em cerca de 30% dos casos de infertilidade conjugal, fazendo com que a investigação da fertilidade e saúde do homem seja tão importante quanto a da mulher.

Quando falamos de infertilidade masculina, ainda existe um grande receio por parte dos homens em falar sobre o assunto e muitos se sentem constrangidos.

Na verdade, o exame de espermograma é um processo simples.

Primeiramente, o homem deve se abster de relações sexuais de 3 a 5 dias antes da coleta para uma avaliação mais consistente do seu potencial fértil, ou seja, da provável capacidade de engravidar sua companheira.

No laboratório, a amostra de sêmen é coletada em um frasco por meio de masturbação e o material enviado para análise.

Entre outras, as duas principais informações fornecidas pelo exame são:

  • Quantidade ou concentração de espermatozoides.
  • Qualidade dos espermatozoides, que inclui motilidade e morfologia (formato) dos gametas.

Alterações no espermograma podem ser causadas pelo uso de anabolizantes, doenças, alterações hormonais, problemas genéticos e até mesmo hábitos de vida.

Em alguns casos, exames mais específicos podem ser solicitados, como fragmentação de DNA (perda da integridade da cadeia de DNA) e FISH (análise de espermatozoides deficientes).

Note que a investigação das causas e avaliação da fertilidade masculina deve ser sempre individualizada para que o especialista indique o tratamento com mais chances de sucesso para o casal.

Para mais informações, fale com a Fertivitro!
WhatsApp (11) 99546-6272.

Dr. Luiz Eduardo Albuquerque
CRM 61351
Reprodução Humana Assistida

#espermograma #espermatozoides #fertilidade #fertilidademasculina #queroserpai #saudemasculina #infertilidademasculina #reproduçãoassistida #reproducaohumana #drluizeduardoalbuqueque #fertivitro